Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

Secretaria de Desenvolvimento Rural orienta agroindústrias do município para adequação ao SISBI-POA

 

A Prefeitura de Santa Maria, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SRD), busca implantar no município o Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SISBI-POA) a fim de obter equivalência da inspeção sanitária municipal à federal. Na prática, a equivalência proporciona a agroindústrias, como frigoríficos e abatedouros da cidade, a comercialização de produtos de origem animal a outros municípios do país, desde que atendam às normas sanitárias federais.

 

De acordo com o secretário titular da pasta, Rodrigo Menna Barreto, para atender às exigências da equivalência, é necessário que as agroindústrias atendam a uma série de critérios, tanto em seus processos, quanto em suas estruturas e também na parte documental. As adequações incluem controle de produção, controle ambiental, instalações apropriadas, qualidade da água, bem estar animal, higiene, entre outros critérios.

 

A fim de orientar e dar suporte a estas empresas, a Secretaria de Desenvolvimento Rural está se reunindo com os responsáveis técnicos destes locais. “Nossa intenção é chamar todos os frigoríficos, abatedouros e outras agroindústrias que trabalhem com produtos de origem animal para orientá-los sobre os procedimentos que devem ser adotados. Desta forma, no momento em que o município conquistar a equivalência, as empresas estarão aptas a comercializar seus produtos em outras cidades e regiões do país, expandindo assim seus negócios”, explica.

 

A primeira empresa a ser chamada foi o frigorífico Nova Estância. A reunião com o corpo técnico da empresa e técnicos do Serviço de Inspeção Municipal foi realizada nesta quinta-feira (18), na sede da secretaria. Segundo Menna Barreto, nas próximas semanas outras agroindústrias deverão ser chamadas para receber instruções sobre o SISBI-POA.

 

Saiba mais - O SISBI-POA faz parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA) e padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal. Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios podem solicitar a equivalência dos seus Serviços de Inspeção com o Serviço Coordenador do SISBI. Para obtê-la, é necessário comprovar que têm condições de avaliar a qualidade e a inocuidade dos produtos de origem animal com a mesma eficiência do Ministério da Agricultura.

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload