Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

Rolling Stones: viva a vida

 

Era  final de 1965, quando saí do Colégio Santa Maria para ir até a “Bel Som” da Dr. Bozano (atual Calçadão) para comprar o meu primeiro compacto dos Rolling Stones. A música “Satisfaction” (“I Can´t Get No”), o maior hit da banda em todos os tempos, conquistara o coração daquele adolescente. Alí virei um roqueiro incorrigível !

Lembrei daquela cena, ao ver os Stones, ao vivo, bem na minha frente no Beira Rio. Com pontualidade britânica e debaixo de muita chuva, começava um show histórico de uma banda que permaneceu unida e fazendo sucesso por meio século. Era o sonho que faltava ser concretizado, depois de ter curtido a apoteótica apresentação do Paul McCartney (no mesmo Beira Rio) em 2010.

Quando Mick Jagger entrou no palco cantando “Jumpin”, ao lado dos animadissimos Keith Richards e Ron Wood, o estádio veio “literalmente abaixo” (pena que  o baterista Charlie Watts destoou do grupo, pois entrou e saiu de cena sem mexer um músculo do rosto). Já Keith Richards deu um show à parte ! Simpático, grande vocalista, e arrancando sons incríveis de sua guitarra, fez uma dupla perfeita com Jagger. Os dois dominam o palco com uma plástica fascinante.

Mas o que impressiona mesmo, é a figura do Mick Jagger ! Ignorando seus 72  anos com as costumeiras coreografias e correndo por toda a extensão do palco, é a melhor prova de quem sente o prazer em provocar o delirio dos fãs. Por incríveis 50 anos ! E fazendo o que mais ama: cantar e dançar no embalo estridente das guitarras.

Depois de duas horas inesqueciveis, “caiu a minha ficha”, quando o quarteto acenou para se despedir. Instintivamente retribui, no meio da multidão, aquele gesto de adeus. Era o meu coração sentido o aperto de uma “despedida para sempre”. Nunca mais na vida, veria os Stones. Nunca mais ! E as lágrimas se misturaram com a chuva, lavando a minha alma, depois de assistir ao maior show de rock´n´roll do mundo.

Por isso o titulo desse texto: “viva a vida” ! Esse é o grande exemplo protagonizado por setentões que ignoram o peso da idade, fazendo o que gostam, e levando ao delirio as multidões ao redor do mundo. Ao invés de se aposentar, o quarteto milionário decidiu que enquanto Deus permitir, “irão viver a vida”. E fazer o “show da vida” !

Obrigado, Mick Jagger, Keith Richards, Ron Wood e Charlie Watts.

 

link da música "Satisfaction" em 1965 - https://www.youtube.com/watch?v=nrIPxlFzDi0

                                

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload