Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

Secretaria da Agricultura assina protocolo de intenções com entidades para pesquisa sobre o queijo colonial

21 May 2016

 

A secretaria da agricultura, pecuária e irrigação, por iniciativa da Câmara Setorial do Leite, promoveu debate nesta sexta feira (20), na Expoleite, sobre projeto a ser desenvolvido para possibilitar um resgate histórico da elaboração do queijo colonial no Estado, bem como realizar uma identificação de identidade e qualidade do produto produzido no RS.

 

Para isso, foi assinado protocolo de intenções com entidades para realizar uma profunda pesquisa envolvendo produtores de queijo colonial. O documento foi assinado Seapi, Fepagro, Emater, SDR, Ulbra, Ufrgs, UFSM, que irão realizar este processo de estudo e análise junto a produtores de queijo.  “É uma iniciativa muito importante, pois permitirá a definição de parâmetros sobre o que é o queijo colonial, possibilitando também uma abertura de mercado, além do reconhecimento do produto”, afirma Lino de Moura, diretor da Emater.

 

“Sem dúvida é um momento chave para o setor quejeiro do Estado, onde elaboraremos uma grande radiografia deste produto tão tradicional para o Estado”, afirma Danilo Gomes, coordenador da Câmara Setorial do Leite da Seapi.

 

“ A Fepagro se orgulha de fazer parte de um projeto como este, pois cria um mecanismo de diferenciação do produto, o que aumenta as perspectivas de quem  produz o queijo”, diz Adoralvo Schio, presidente da Fepagro.

 

“Esse é um esforço coletivo, fruto de uma parceria entre várias partes que buscam o avanço deste tão importante setor que é o de queijo. É um primeiro passo na direção da conclusão deste diagnóstico, que será fundamental para nós e também para os produtores”, afirma o secretário Ernani Polo.

 

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload