Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

A experiência fez a diferença em 2016

 
Já reza o dito popular: “O diabo sabe, não porque é sábio. O diabo sabe porque é velho”. Inicio por essa frase, pois para mim, mostra bem o que aconteceu em 2016. De como as pessoas mais experientes conseguiram se sair melhor do que a grande maioria.

 

A minha geração sofreu com tantas crises politicas e econômicas, que criou uma “casca grossa” contra os periodos mais dificeis. E mesmo agora, com a maior de todas as crises, pesou sobremaneira o sofrimento que foi vencido lá no passado.

 

Sempre digo que “o caminho das pedras nem sempre é em linha reta”. A abrupta mudança por que está passando o país, apavorou (e apavora) os brasileiros. Viviamos numa “ilha da fantasia”, com pleno emprego, ganhos reais de salários, e principalmente, crédito para comprar o que se quisesse.

 

De uma hora para outra, tudo desmoronou ! Tiraram o balão de oxigênio (artificial), e nos damos conta de que estávamos na UTI e correndo sério risco de vida. Acordamos cercados por milhões de desempregados, com uma inflação corroendo os salários (em queda), e pagando os juros mais altos do mundo.

 

Afinal, toda uma geração “foi enganada”,  achando que vivia no paraiso do consumo. O crédito jorrava à vontade, e as pessoas “achavam o máximo do prestigio”, ter meia dúzia de cartões de crédito à disposição. Doce ilusão !

 

Só que os experientes e mais cautelosos não se empolgaram com essa euforia consumista. Sabiam que mais cedo ou mais tarde essa conta viria, acrescida de juros impagáveis. Sabiam que tudo aquilo que sobe, algum dia vai descer ! 

 

Pois foi a experiência que salvou a minha empresa em 2016. Afinal, por alguns anos sobrevivi “com a água no pescoço”. Esse sofrimento, essa angústia por que passei, me transformou num cara preparado para enfrentar os momentos dificeis que teria pela frente.

 

E foi o que aconteceu com 2016 ! Há um ano atrás, projetei perdas na operação comercial, mas que foram revertidas ao longo dos meses. Mantivemos o mesmo número de profissionais durante todo o ano, e a própria direção da Ford veio à Santa Maria para saber como conseguiamos ser lideres de mercado por 7 anos consecutivos.

 

Mas devo reconhecer o seguinte: quem faz realmente a diferença, são os funcionários; a grande maioria experiente, motivada, treinadissima e com muito tempo de casa. Dando razão à minha filosofia: “o cliente em 2º. lugar”; isso é: se a gente cuida bem dos funcionários, eles cuidarão ainda melhor os nossos clientes”.

 

Feliz .....

 

 

 


 

 

 

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload