Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

Saúde: venha morar em Santa Maria

 

 

Encontrei na sexta à noite no Hospital de Caridade, um amigo de Toropi que estava fazendo uma bateria de exames médicos. Nascido como eu em 1948, ele traz um problema hereditário que vem lhe causando preocupações. Na conversa em pleno DIX, não perdi a oportunidade para um conselho: “para tua tranquilidade, venha morar em Santa Maria”.

 

Aprendi isso com outro amigo de Cacequi, que ao completar 60 anos me disse: “Na minha idade, se tiver uma emergência médica lá no interior, talvez não chegue vivo à Santa Maria. Por isso acabei de comprar um apartamento num local agradável, e vou me mudar para cá”.

 

Uma grande verdade, que passei a contar para outros conhecidos que moram no interior, já que depois de uma certa idade, os riscos com a saúde aumentam geometricamente. É da natureza humana, e não adianta reclamar.

 

Para agravar a situação, os hospitais do interior, infelizmente, não estão conseguindo sobreviver sem a injeção de recursos públicos – cada vez mais escassos. Ouvi de especialistas, que os previsões são as mais pessimistas com relação a esses pequenos hospitais do Estado, que aos poucos atenderão apenas os casos de menor complexidade. Até porque, o avanço da Medicina exige hoje grandes investimentos  e pessoal altamente especializado, que só se viabilizam no atendimento de um grande número de pacientes.

 

Felizmente Santa Maria está recuperando o seu espaço como referência na área da saúde, depois de anos sem maiores investimentos. Hoje a cidade está aparelhada em termos de novas tecnologias, grandes profissionais à disposição em todas os segmentos, e capacidade para intervenções cirúrgicas de alta complexidade. O setor privado e o Hospital Universitário mudaram de patamar, oferecendo serviços de qualidade que eram encontrados somente em Porto Alegre.

 

Acompanhando o avanço da Medicina, as demais áreas afins também investem para disponibilizar exames sofisticados, e uma gama de alternativas tanto para o tratamento como para a prevenção de doenças.

 

Mas um fator foi determinante para se chegar a esse patamar de referência: a Universidade Federal, que tem um elenco de professores qualificadissimos, e que formam todos os anos centenas de bons profissionais. Sem falar no Hospital Universitário, que graças aos novos investimentos feitos pela EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), está voltando a ser a grande alternativa para o atendimento 100% SUS – tanto em média como em alta complexidade.

 

Fica pois esse alerta para as pessoas do interior que tem condições para tal, de estudarem com a familia a possibilidade de se transferir para Santa Maria. Acredito que ao chegar aos 60 anos, deve-se levar essa questão em alta consideração. Não só por uma questão de saúde, mas também porque nossa cidade oferece uma qualidade de vida invejável.

 

Sejam todos bem vindos !

 

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload