Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

Maggi inaugura laboratório de biossegurança da Embrapa, o mais moderno da América Latina

1 Apr 2017

O Laboratório de Biossegurança para a Pecuária (Biopec) foi inaugurado nesta quinta-feira (30) pelo ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e pelo presidente da Embrapa, Maurício Lopes, em Campo Grande (MS). Instalado na Embrapa Gado de Corte de Campo Grande, é considera

do o mais moderno da América Latina, sendo o primeiro de alto nível de biossegurança voltado para a pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) em bovinos, aves e suínos. Além disso, também pode ser utilizado em cadeias produtivas de outras carnes de micro-organismos agrícolas.

As instalações aumentam a capacidade do país para garantir qualidade sanitária dos rebanhos. De acordo com o chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Cleber Soares, “o Brasil muda de estágio no desenvolvimento de pesquisas em pecuária, tornando possível fazer, em um mesmo local, pesquisas relacionadas a agentes de alto risco, como os vírus da febre aftosa, da influenza aviária, da influenza suína, raiva, brucelose e tuberculose”.

Outra novidade é que será possível estudar em um mesmo laboratório bactérias causadoras de tuberculose bovina, botulismo, antrax, salmonelose e de intoxicações alimentares. Será possível, ainda, desenvolver testes e vacinas para doenças como a brucelose e trabalhos de pesquisa com príons (proteínas) causadores de encefalopatias espongiformes (vaca-louca e scrapie) com as mais avançadas normas de biossegurança do mundo.

Na construção do laboratório de cerca de mil metros quadrados foram investidos R$ 10 milhões. Os recursos do orçamento da Embrapa e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, esteve na inauguração.

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload