Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

Agricultura vertical deve atingir US$ 6 bilhões

17 Aug 2017

O mercado de “agricultura vertical” deve atingir o patamar de US$ 6 bilhões em 2023, crescendo a uma CAGR (taxa composta de crescimento anual) de 25%. A projeção é de relatório da Agência de Pesquisa e Consultoria Acumen, divulgado nesta semana no portal chinês Agropages.

 

O estudo classificou como agricultura vertical todas as técnicas agrícolas modernas que minimizem  o impacto das condições climáticas nas culturas e aumentem a produção por metro quadrado em comparação com a agricultura tradicional ou estufas. Esse mercado global é segmentado em “mecanismos”, “plataformas” e “tipos” de cultivo, bem como “máquinas” e “geografia”. 

O primeiro segmento é subdividido em culturas hidropônicas, aeropônicas e aquapônicas. O hidroponia é representa mais de 50% desse mercado, requerendo menos água para cultivo e apresentando menor vulnerabilidade a doenças e insetos.

A necessidade de técnicas agrícolas alternativas para aumentar a produção agrícola é o principal fator que explica essas projeções de expansão da agricultura vertical. Além disso, influenciam as estimativas a demanda crescente de alimentos por uma população em rápido crescimento e a diminuição das terras cultiváveis devido à rápida urbanização e industrialização global.

 

No segmento “plataforma”, o mercado é subdividido em contêineres e edifícios. Em comparação com as técnicas tradicionais de cultivo a campo aberto ou estufa, essa alternativa ajuda na conservação da água e reduz o tempo de colheita. Isto é conseguido com a ajuda de luzes UV (ultravioleta) e o ambiente controlado. 

O cultivo em interiores ajuda ainda a obter um maior controle sobre o conteúdo de nutrientes fornecido às culturas, aumentando assim a qualidade geral da planta. O segmento de contêineres dominou o mercado em 2014 e representou receita de mais de 65% do valor total do mercado.

 

 

 

Com base no “tipo” de cultivo, o mercado global de agricultura vertical é segmentado em vegetais, frutas e flores, videiras, morangos, ervas, tomates, cannabis e outros. Os vegetais folhosos (como alface, rúcula e agrião, por exemplo) representam receita de cerca de US$ 273 milhões e devem manter sua posição de liderança ao longo do período da projeção.

O principal mercado para a agricultura vertical é a região da Ásia-Pacífico, e a previsão da Acumen é que mantenha sua posição de liderança ao longo do período de previsão. Alguns dos recentes projetos agrícolas verticais em Cingapura e a crescente aceitação desta técnica agrícola no Japão devem estimular ainda mais o crescimento do mercado nesta região.

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload