Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

Inovação norte-americana inspira Aprosoja durante Missão EUA

10 Sep 2017

A Missão aos Estados Unidos realizada pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) terminou no dia 03 de setembro. O conhecimento adquirido durante os nove dias no país, no entanto, deve servir como modelo a seguir futuramente.

 

No roteiro, o grupo formado por associados, delegados, diretores e colaboradores da Aprosoja esteve em propriedades rurais que cultivam soja, nas empresas Case, Monsanto e Climate, e na Farm Progress Show, considerada uma das maiores feiras agropecuárias do país. Também estiveram no itinerário visitas a duas associações norte-americanas: a Illinois Soybean Association e American Soybean Association (ASA). Além disso o grupo esteve em incubadoras de start-ups como a Helix Center Biotech Incubator e BRDG Park e em Centro de Estudos de Biotecnologia como a Saint Louis Community College.

“A estrutura logística americana é fantástica com competividade entre rodovias, hidrovias e ferrovias. Mas como estrutura de Estado observamos que a agricultura de precisão é cada dia mais utilizada pelos produtores com uma ampla rede de telecomunicações para dar suporte a isso. Todas as fazendas que visitamos, por exemplo, tinham sinal de internet de alta velocidade, que permite ao produtor ter informação em tempo real de plantio e colheita com sistemas interligados aos maquinários. Isso é tecnologia do futuro e, para o Brasil, ainda é um desafio”, afirma o presidente da Aprosoja Endrigo Dalcin, que esteve na Missão EUA.

 

 

Mercado – Para o presidente da Aprosoja, Endrigo Dalcin, outro ponto que deve começar a ser pensado no Brasil é quanto a abertura do mercado.

“Além da produção, precisamos focar na demanda, no consumo. Acredito que conseguiremos chegar em patamares de produtividade suficientes, ainda que os custos estejam cada vez mais altos. Precisamos focar na abertura de novos mercados. Para isso, temos trabalhado, por exemplo, por meio da Isga (Aliança Internacional dos Produtores de Soja). Nos reunimos ao menos duas vezes por ano com foco no desenvolvimento e divulgação de novas tecnologias e pedindo abertura de novas tecnologias para os mercados compradores. Tudo isso para que haja o aumento do consumo, garantindo melhor rentabilidade ao produtor”, afirma Dalcin.

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload