Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

Monsanto busca evitar proibição do Dicamba em Arkansas

9 Dec 2017

Depois de centenas de reclamações por danos a cultivos em função do Dicamba, o Painel de Plantas do estado do Arkansas propôs a proibição do herbicida em soja algodão na maior parte da safra de 2018. Já a Monsanto reagiu pedindo a um juiz uma injunção contra a regulação e desafiou a regra na corte, segundo a agência Associated Press.

 

Um subcomitê do Conselho Legislativo do Arkansas fará uma revisão final na regulação do herbicida na terça-feira. O Painel de Plantas propôs no dia 20 de Setembro barrar a aplicação de dicamba com cultivos alinhados de 16 de abril a 31 de Outubro de 2018 para reduzir o risco de danos para campos de vizinhos. Isso foi seguido pela proibição de emergência em Junho na aplicação do químico em algodão e soja devido às crescentes reclamações de dano.

 

A Monsanto, através da injunção, disse que “está perdendo atualmente vendas todos os dias enquanto que a proibição do Dicamba permanece em efeito”. Os produtores que adotaram

 

o dicamba como uma ferramenta potente contra ervas daninhas invasoras que desenvolveram resistência a outros herbicidas. Mas ainda há muitas reclamações sobre as formulações de baixa volatilidade do Dicamba usado em conjunção com muitos cultivos que deve evaporar e ir à deriva para cultivos suscetíveis.

 

Em uma carta aberta a produtores, a Monsanto diz que espera dobrar as vendas de sojas e algodões tolerantes ao Dicamba em 2018. Robb Fraley, o chefe técnico da empresa, afirmou que 91% dos casos investigados foram em função de aplicação imprópria, com bicos errados, pressão errada ou altura errada da lança. “Dados recentes da Basf também indicam uso ilegal da antiga formulação de alta volatilidade do Dicamba provavelmente foi um fator significativo nesta temporada, particularmente no Arkansas”, disse Fraley.

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes

January 21, 2020

Please reload