Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

Custos e preços preocupam produtores gaúchos de arroz para a colheita

14 Jan 2018

O produtor de arroz, especialmente no Rio Grande do Sul, não terá lembranças tão positivas do ano de 2017. Os altos custos de produção na lavoura e os baixos

 

preços praticados no mercado do grão, aliados à guerra fiscal e às importações de países do Mercosul, trouxeram dificuldades aos arrozeiros. A expectativa para o ano de 2018 é de que alguns destes entraves continuem assolando os orizicultores gaúchos, responsáveis por 70% da produção nacional.

Conforme o presidente da Federação das Associações dos Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Henrique Dornelles, como já era esperado pela entidade, o ano comercial foi extremamente duro para o produtor. "A safra iniciou com uma expectativa de redução de custos, mas já esperávamos que isto não ocorreria, especialmente pela previsão da aplicação da bandeira vermelha por todas as concessionárias de energia elétrica, infelizmente confirmada, ainda agravada pela região atendida pela CEEE, onde os produtores amargaram aumento de 30% na tarifa", salienta.

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload