Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine

Consumo de combustíveis volta a cair em setembro

O consumo de combustíveis voltou a cair no mês de setembro, em comparação com o mesmo período do ano anterior. De acordo com informações divulgadas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), os dados comparativos com setembro de 2017 indicam que o aumento da queda foi de 2,5%. 

 

Segundo o professor titular da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP), Marcos Fava Neves, a queda no ano foi de 0,5%. “O diesel caiu 1,6% no mês, mas no ano tem alta de 1,2%. A gasolina caiu 17,3% no mês e teve seu menor consumo desde julho de 2011. No ano caiu 13,5%, já o hidratado cresceu 37,2% em setembro e 41,3% no acumulado de 2018”, informa. 

Além disso, na segunda quinzena de outubro, ele indicou que as usinas do Centro-Sul venderam 1,07 bilhão de litros de hidratado, 26,5% a mais que a mesma quinzena de 2017. E no mês de outubro as vendas foram 33,6% maiores, chegando a 2,02 bilhões de litros, estimulada pela paridade média de 63%. 

 

“Surpreenderam as exportações de etanol, que cresceram 82,3% em outubro, atingindo 278,7 milhões de litros, quando comparadas a outubro de 2017 e foram também 58% maiores que setembro. Estas trouxeram US$ 139,6 milhões em outubro (58% a mais que outubro de 2017 e 65% maiores que setembro). Desde janeiro já vendemos 1,444 bilhão de litros (18,5% a mais), com valor de US$ 769,5 milhões (11,1% maiores que 2017)”, comenta. 

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o estoque de etanol era de quase 11 bilhões de litros no final de setembro, 29% a mais que em 2017. “Grandes grupos foram os que apresentaram maiores crescimentos nos estoques, chegando em alguns casos a quase 80% a mais de produto nos tanques”, conclui.

 

Please reload

Ultimas noticias

Bônus beneficia agricultores familiares de diversos estados

November 21, 2016

1/9
Please reload

Notícias Recentes
Please reload