Agricultura, Defesa Civil, Obras, Saúde e Meio Ambiente se reúnem para alinhar ações de combate à es



s Secretarias de Agricultura, Defesa Civil, Obras, Saúde e Meio Ambiente realizaram uma reunião conjunta nesta segunda-feira (03/01) com o objetivo de trocar informações sobre a situação de cada pasta com relação à estiagem que vem castigando o Rio Grande do Sul. Segundo levantamento realizado pela Emater/RS-Ascar até 30 de dezembro, a pedido da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), foram contabilizadas 138,8 mil propriedades rurais atingidas pela estiagem, em 6.340 localidades do Estado. Mais de 5 mil famílias estão sem acesso à água.

“Estamos fazendo essa reunião para alinhar as ações e para que cada secretaria verifique o que pode aportar para os municípios. Depois teremos um encontro com o governador para ver até onde podemos ir com estas ações”, contou o coordenador estadual da Defesa Civil, Coronel Júlio César Rocha Lopes.

Pela Agricultura, a secretária Silvana Covatti relatou que a pasta vem atuando ininterruptamente com quatro máquinas de perfuração de poços, direcionando este serviço especialmente aos municípios em situação mais crítica. Destacou ainda que a Seapdr vem levantando os valores que serão necessários para operacionalizar o Programa de Sementes Forrageiras em 2022, instrumento que contribuirá para formação de pastagens para alimentação dos rebanhos, assim que houver condição de plantio. Outra possibilidade estudada pela Seapdr, lembrou Silvana, é a anistia do Programa Troca-Troca de Sementes. No ano passado, o governo do Estado anistiou 16 mil agricultores familiares, num valor de R$ 4,6 milhões.

Ultimas noticias
Notícias Recentes