top of page

Animais puros e alta genética foram vistos nas pistas de julgamento de rústicos da raça Angus na Exp



“Essa foi uma exposição muito bem equilibrada. Animais de extrema qualidade, terneiras lindas, machos muito funcionais. Um belo plantel com exemplares da raça”, foi assim que o jurado uruguaio Andrés Peñagaricano avaliou o julgamento de um modo geral dos rústicos angus na manhã desta sexta-feira (19/05), na 21ª Exposição de Outono de Uruguaiana.

A manhã começou com a consagração das fêmeas Puras de Origem (PO). A Cabanha Rincon del Sarandy consagrou-se duas vezes nesta categoria, com o título do trio grande campeão com o lote 9 (tatuagens 3919, 3900 e 396) e melhor fêmea PO, com a novilha da tatuagem TE 3919, do lote 9. “Aqui em Uruguaiana é a pista que, depois da Expointer, mais vemos lotes de animais fortes e puros. Viemos com 72 animais e estamos muito contentes com o resultado que alcançamos, utilizamos o julgamento também para podermos entender, e balizar, os lotes que levaremos ao nosso leilão”, comemora Ignacio Tellechea, um dos sócios proprietários da Cabanha de Uruguaiana.

O trio reservado grande campeão ficou por conta da Cabanha Basca, da pecuarista Mariana Tellechea, também de Uruguaiana, com o lote 12 (tatuagem 1796, 1736 e 1734). Já o melhor trio ficou com a Fazenda Reconquista, de Alegrete, do pecuarista José Cairoli, com o lote 1 (tatuagem 3576, 3528 e 3523).

A seguir foram avaliadas as fêmeas Puras por Cruzamento (PC), que sagrou a Cabanha Rincon del Sarandy, como trio grande campeão com o lote 16 (tatuagens 01110, 1108 e 1102), ainda da Rincon foi escolhida a melhor fêmea PC, o animal de tatuagem 1102.

Já os machos foram julgados em seguida, e quem levou o prêmio de trio grande campeão para casa de macho puro de origem (PO), foi a Cabanha Tellechea, de Uruguaiana, de Sérgio Bastos Tellechea, com o lote 21 (tatuagens 3962, 3908, 3902). “Somos pioneiros na avaliação genômica dos nossos animais e essa estratégia tem nos agregado muito, já que traz muita qualidade nos nossos animais, e nos cruzamentos que fizemos. Com isso vemos o resultado nas pistas com os prêmios”, avalia Sérgio. Ainda na categoria de machos PO o trio reservado grande campeão foi conquistado pelo lote 24, da Cabanha Cantagalo, de Santana do Livramento, do Carlos Renato Ferreira, com os animais de tatuagem 4473, 4467 e 4477. O terceiro lugar ficou com o lote 26, da Cabanha Rincon del Sarandy, com as tatuagens TE3923, TE3876 e TE 3873. O melhor macho PO ganhou o animal de tatuagem 3962, do lote 21, da Cabanha Tellechea, de Sérgio Tellechea.

E por último, na categoria rústico angus foram consagrados os machos Puros por Cruzamento (PC). O lote 29, da GAP Genética, Uruguaiana, levou o prêmio de trio grande campeão com os animais de tatuagem X227/21, X079/21 e X063/21 e ainda o melhor macho PC, do mesmo lote com a tatuagem X227/21, “Preparamos dois trios com genética nossa, o touro que ganhou como melhor macho, inclusive, é resultado desse trabalho. Estamos muito felizes em podermos levar essas premiações para casa”, festeja Ângela Linhares da GAP Genética, de Uruguaiana. O trio reservado grande campeão foi para os Irmãos Soldera Agropecuária, da Cabanha Soldera, de Panambi/RS, com o lote 28 (tatuagens 22469, 22467 e 22269.

Comments


Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page