Com fundos ainda interessados na commodity, açúcar fecha em alta nas bolsas internacionais





O mercado futuro do açúcar fechou em alta nas bolsas internacionais nesta quarta-feira (27), refletindo o interesse dos fundos internacionais na commodity. Analistas ouvidos pela Reuters destacaram que o mercado aponta para um viés de alta, "mas que é improvável que as máximas de três anos e meio vistas em meados de janeiro sejam testadas no futuro próximo, diante de chuvas impulsionando o desenvolvimento da cana no Brasil e exportações contínuas da Índia".


Outra notícia que tem dado sustentação aos preços é um possível atraso no início da safra de cana no Brasil, anunciada ontem pela Unica -- União da Indústria de Cana-de-açúcar. O atraso leva em conta o desenvolvimento mais lento dos canaviais que ainda não se recuperaram da forte seca e incêndios do ano passado.

Em Nova York o contrato futuro do açúcar com vencimento em março/21 fechou cotado nesta quarta-feira em 15,80 centavos de dólar por libra-peso, alta de 6 pontos no comparativo com os preços da véspera. Já o lote para maio/21 subiu sete pontos, negociado em 15,11 cts/lb. Os demais contratos fecharam entre valorização de 2 a 5 pontos. Os lotes de julho/22 e outubro/22 fecharam em baixa de 2 e 7 pontos, respectivamente.

Ultimas noticias
Notícias Recentes