Comunicado auxilia na identificação de plantas tóxicas para bovinos



A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) publicou o Comunicado técnico “Plantas hepatotóxicas de interesse para bovinocultores no Rio Grande do Sul”, que auxilia os produtores no reconhecimento e orientações de plantas prejudiciais ao fígado mais frequentes e de maior risco aos bovinos nas diferentes regiões do Rio Grande do Sul. A publicação é gratuita e está disponível em www.agricultura.rs.gov.br/publicacoes.

“Este guia foi feito para atender a uma demanda de produtores sobre como identificar e prevenir as intoxicações causadas por plantas. Usei minha experiência nessa área de interesse e a rotina de protocolos registrados no laboratório de histologia do IPVDF, observando as mais frequentes e importantes, como as que atingem o fígado, mas baseando-me em livros clássicos e consagrados na área de intoxicações por plantas no Estado”, explica o pesquisador Fernando Karam, autor do comunicado.

Ultimas noticias
Notícias Recentes