Enxertia traz vantagens para mudas de videira de mesa



O setor de enxertia de uva de mesa ainda é bem incipiente no país. De acordo com o pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), Francisco Câmara, não existe no Brasil uma lei que obrigue o produtor a plantar mudas de videira por meio de enxertia. É possível fazer os plantios até mesmo por meio de sementes. Contudo, o pesquisador destaca que ao plantar sem utilizar porta-enxertos, o produtor fica mais suscetível a pragas de raízes, tanto nas variedades americanas e, sobretudo, nas variedades europeias.

O enxerto é a parte que forma a copa da planta, isto é, aquilo que nós vemos, como as folhas e os ramos que são produzidos. Já o porta-enxerto forma o sistema radicular das plantas, ou seja, o que nós não vemos por estar “escondido” no solo.

“O uso de porta-enxertos oferece diversas vantagens para o produtor. Não usá-los não vale a pena. Os porta-enxertos protegem as plantas de pragas e doenças, fazem com que elas se formem muito mais rápido e favorecem a produção entre dois e três anos, isso em comparação com as mudas de sementes. É por esses e outros motivos que utilizamos porta-enxertos na viticultura”, enfatiza.

Entre as técnicas de enxertia mais utilizadas, destaca-se a enxertia de “garfagem”, realizada diretamente no campo em porta-enxertos de estacas lisas (sem raízes) ou enraizadas, ambas previamente plantados nos locais definitivos de plantio. Todavia, outra técnica de enxertia de destaque é a “enxertia de mesa”. Esse processo é realizado em locais fechados e permite a produção de mudas de videira em larga escala.

Francisco enfatiza que a técnica de enxertia de mesa oferece diversas vantagens ao produtor em relação ao método tradicional de enxertia de campo, como altas taxas de pegamento, uniformidade, redução do tempo de obtenção das mudas, redução da mão-de-obra e controle de viroses. Porém, devido a necessidade de estruturas especiais, a disponibilidade de viveiristas que produzem esse tipo de muda no mercado ainda é pequena.

Ultimas noticias
Notícias Recentes