top of page

Equipes da Seapi em alerta na Fronteira Oeste por causa da Raiva Herbívora



Equipes dos Núcleos de Controle de Raiva Herbívora da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi) estão em alerta na Fronteira Oeste em função dos casos de raiva herbívora em animais.

“Nós recebemos o alerta de um caso no município argentino de General Alvear, que fica do lado de São Borja, e por isso emitimos o alerta para este município e alguns outros da Fronteira Oeste”, afirma o analista ambiental e biólogo André Witt, do Programa de Controle de Raiva Herbívora.

André está em São Borja desde o início da semana, junto com uma equipe formada por um veterinário e um auxiliar, fazendo a varredura em abrigos já cadastrados da região. “Nós também fazemos a busca em novos abrigos, normalmente instalados em casas abandonadas, poços, ocos de árvores, furnas, na busca de possíveis focos do morcego”, diz Witt. E caso haja alguma denúncia ou registro de mordedura, a equipe também é acionada para avaliação.

Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page