top of page

Estado realiza ações multidisciplinares para manter a gripe aviária longe das granjas do RS



Um esforço coletivo e multidisciplinar, que envolve diversas secretarias estaduais e governos municipais, tem conseguido manter o vírus da influenza aviária de alta patogenicidade, o H5N1, do lado de fora das granjas comerciais do Rio Grande do Sul. A Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi) vem se reunindo periodicamente com as secretarias estaduais da Saúde, do Meio Ambiente e Infraestrutura e da Segurança Pública, além da Casa Civil, para organizar as estratégias de vigilância da gripe aviária no litoral do Estado, onde os casos têm se concentrado.

A Seapi também publicou, em 10 de outubro, a Nota Técnica nº 10/2023, com orientações sobre o controle da influenza aviária. O documento contém indicações para a população em geral e medidas de biossegurança para operadores com sequência de colocação e retirada de equipamentos, recolhimento e destinação de carcaças e desinfecção.

Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page