Expointer 2021: Mercado aquecido faz ovinos superarem número de inscritos da edição de 2019



O número de animais de argola inscritos para a Expointer 2021, embora menor do que o da edição de 2019, a última antes da pandemia, ainda assim surpreendeu positivamente a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR). Dentre as categorias de animais, a que ajudou a puxar esse número de inscrições foram os ovinos, com aumento de 3,58% no número de animais inscritos em comparação com a edição de 2019: este ano, participam da Expointer 810 ovinos, de 14 raças e suas variedades naturalmente coloridas. Cabanhas de São Paulo, Paraná e Santa Catarina, além do Rio Grande do Sul, inscreveram seus animais para esta edição da feira.

Para o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), Edemundo Gressler, o número expressivo de inscrições reflete o bom momento que vive a ovinocultura. “Em 2020, mesmo com a questão da pandemia, não paramos: os criadores permaneceram em suas propriedades, continuaram investindo em genética, não pararam de produzir. E hoje o reflexo é esse: uma procura pela valorização, pela comercialização de reprodutores, por acreditar que a ovinocultura é rentável”, avalia.

Ultimas noticias
Notícias Recentes