top of page

Fertilizante de milho gera menor emissão de gases de efeito estufa



Um avanço significativo na busca por práticas agrícolas mais sustentáveis foi alcançado no Brasil, o maior exportador de milho do mundo. Um estudo realizado pela Mosaic Fertilizantes em parceria com a consultoria Delta CO2, na cidade de Piracicaba (SP), revelou que o uso do fertilizante Excellen resultou em uma redução de 34% na emissão de Gases de Efeito Estufa (GEEs) por tonelada de milho produzido em comparação com o uso de Ureia convencional. O estudo destacou que, além da significativa diminuição na intensidade das emissões de GEEs, houve uma redução de 40% nas emissões de óxido nitroso (N2O) na área onde a solução da Mosaic Fertilizantes foi aplicada, em comparação com os fertilizantes tradicionais à base de Ureia. Esse valor é ainda 50% menor do que o padrão global considerado pelo Painel Intergovernamental das Mudanças Climáticas (IPCC).

Commentaires


Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page