top of page

Ibama analisou 927 registros em 3 anos, em descompasso com Anvisa



O registro de pesticidas no Brasil tem uma das leis mais rígidas do mundo, aponta o agrônomo Flavio Hirata, especialista em registro de agrotóxicos e sócio da AllierBrasil. Segundo ele, “os processos de registro são avaliados por três ministérios”, o que “pode levar 10 anos ou mais”.

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) avalia o registro de produtos formulados, produtos técnicos com novos princípios ativos e produtos de uso não agrícola. “Entre 2019 e 2022, o Ibama analisou 927 processos de registro de formulados químicos, dos quais 733 PPAs foram aprovados (79,07%), 169 arquivados (18,23%) e 25 rejeitados (2,69%). O número de processos indeferidos é estatisticamente insignificante, mas muito relevante para a empresa que perdeu o processo de registro”, destaca.


Comments


Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page