top of page

Irga lança nova cultivar de arroz na Expointer




O Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) lançou uma nova cultivar nesta segunda-feira (29/8), durante a 45ª Expointer, no Parque Assis Brasil, em Esteio. Desenvolvida na Estação Experimental do Arroz (EEA/IRGA), em Cachoeirinha, a cultivar Irga 426 CL é considerada essencialmente derivada da cultivar Irga 426, resistente a herbicidas do grupo químico das imidazolinonas, sendo essa a principal diferença entre elas.

A cultivar IRGA 426 CL é, portanto, recomendada para o Sistema de Produção Clearfield. Como principais características destacam-se o elevado potencial produtivo, a resistência à brusone e o alto vigor inicial. Além disso, apresenta excelente qualidade industrial e culinária dos grãos, com elevado rendimento de grãos inteiros, grãos longo-finos e baixo índice de centro branco. A cultivar é recomendada para semeadura em solo seco, em todas as regiões orizícolas do Rio Grande do Sul.

“A nova cultivar é fruto do convênio Irga e Basf. É uma cultivar de grãos premium, resiste a brusone e vem como mais uma alternativa CL no portfólio do Irga para o produtor", afirmou diretora técnica do instituto, Flávia Tomita.

Origem

O processo de desenvolvimento da Irga 426 CL ocorreu entre as safras 2009/2010 e 2020/2021. A cultivar foi desenvolvida pelo método de retrocruzamentos, sendo a Irga 426 CL o genitor recorrente e a cultivar Puitá Inta-CL o genitor doador da resistência a herbicidas do grupo químico das imidazolinonas. Foram realizadas seis gerações de retrocruzamentos, sendo o cruzamento inicial (Irga 426/Putiá Inta-CL) realizado na safra 2009/2010, na Estação Experimental do instituto.

Comentários


Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page