Mapa apreende produtos agropecuários clandestinos durante operação conjunta no Rio Grande do Sul



Com objetivo de combater o contrabando nas fronteiras do Brasil, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) participou de mais uma operação conjunta, denominada Ágata Sul, realizada no Rio Grande do Sul. Mais de 36 mil quilos de produtos agropecuários irregulares e clandestinos foram apreendidos na ação, que resultou cerca de R$ 472.740,00 de prejuízo aos infratores.

O Mapa, por meio da sua operação Ronda Agro XX do Programa de Vigilância em Defesa Agropecuária para Fronteiras Internacionais (Vigifronteira), fiscalizou 255 veículos, 42 propriedades rurais, 18 estabelecimentos agropecuários e 15 embarcações. Durante a ação foram emitidos sete autos de infrações, oito termos de apreensão e dois termos de destruição. Também foram encaminhadas quatro conduções para delegacia de polícia que responderão por crime de contrabando.

As apreensões realizadas foram de 320 quilos e 188 frascos de agrotóxicos proibidos para uso no Brasil, 2.250 quilos de fertilizantes irregulares, 20.783 quilos de produtos de origem animal, 13.200 quilos de grãos de soja e milho oriundos de importação ilegal, 30 litros de vinho sem registro no Mapa e 13 bovinos em situação irregular.

A Operação “Ágata Sul” faz parte do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), sendo organizada pelo Ministério da Defesa e realizada de maneira integrada com órgãos federais e estaduais. Participaram da ação, além do Mapa, as Forças Armadas, Órgãos de Segurança Pública e de Fiscalização da União e do Estado do Rio Grande do Sul.

Ultimas noticias
Notícias Recentes