MT: boi deve atingir máximas em março



As cotações médias da arroba futura do boi gordo apontam para um teto máximo no preço em março e queda a partir de maio em Mato Grosso, segundo a B3, considerando o diferencial de base MT-SP. O último quadrimestre de 2021 foi marcado por oscilações intensas na arroba do boi gordo, principalmente devido à saída temporária da China das compras da proteína

Com a reviravolta do mercado, o mês de dezembro fechou com valorizações no indicador e o ano de 2022 começou com novos patamares recordes, em termos nominais, na precificação da arroba (média de R$ 309,94 em jan.22). Além disso, de acordo com a B3, esse movimento de alta tende a se manter por dois meses, alcançando um novo recorde em março, com médias de R$ 317,89/@. No entanto, para meados de maio, período da safra do boi gordo, os preços apontam redução de cerca de 1,17% ante ao que foi observado em janeiro, e estima-se que a cotação fique próxima de R$ 306,30/@.



Ultimas noticias
Notícias Recentes