Mulheres representam 80% dos fornecedores de produtos para o Programa de Aquisição de Alimentos



A agricultora familiar Marcia Aparecida de Souza nasceu e cresceu em família de agricultores. Na idade adulta, foi morar na cidade para estudar, onde fez mestrado em agronegócio. Hoje, ela mora no núcleo Rural Buriti Vermelho, no Paranoá (DF), e é gestora da Cooperativa Cooper-Horti com 33 cooperados, sendo 30 homens. Ela produz 4 hectares no Distrito Federal e 15 hectares no estado de Goiás, com a plantação de hortaliças, como alfaces e tomates. 

“Nós, mulheres, estamos sempre quebrando barreiras. Eu vejo as mulheres mais como gestoras das propriedades. A agricultura ainda é um ambiente dominado pelos homens, mas a participação das mulheres é crescente e isso se confirma a cada dia”, destaca Marcia. 

A agricultora é um exemplo do crescimento da participação feminina na agricultura familiar. A presença feminina nas modalidades do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) alcançou 4.701 mulheres em 2019, o que representa 80% de participação, de acordo com levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). 

Ultimas noticias
Notícias Recentes

Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine