Mulheres rurais: Pesquisa de campo indica acúmulo de trabalho doméstico e alto grau de participação



Além do trabalho nas atividades ligadas ao campo, as mulheres com residência na área rural do Rio Grande do Sul acumulam quantidade significativa de trabalho doméstico, cuidados com os (as) filhos (as) e idosos e atividades externas à casa em proporções muito superiores às dos homens no mesmo ambiente. Somado ao maior envolvimento no domicílio, as mulheres também têm um alto grau de participação nas decisões relativas aos assuntos de produção na propriedade rural.

Estas e outras percepções sobre a participação feminina no campo constam no relatório técnico "Perfil das Mulheres Rurais do RS", uma produção do Departamento de Economia e Estatística, vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (DEE/SPGG), em parceria com a Emater/Ascar e a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). A Emater, responsável pelo serviço de Extensão Rural do Estado, levantou os dados a partir de entrevistas com 5.103 mulheres de 461 municípios gaúchos representativos da população de mulheres rurais e realizadas entre os dias 16 de novembro de 2021 e 24 de janeiro de 2022. O questionário contava com cerca de 250 questões sobre a vida da mulher e da pessoa com quem divide as atividades do cotidiano.

Ultimas noticias
Notícias Recentes