Nota Técnica aborda uso racional de fertilizantes na adubação do trigo



Por solicitação da Câmara Setorial do Trigo, da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), uma Nota Técnica foi produzida para abordar o uso racional de fertilizantes como forma de economizar na adubação da nova safra de trigo, cujo período de plantio se iniciou no Rio Grande do Sul neste mês de maio.

“Em tempos de alta nos custos dos fertilizantes, a busca pela racionalização da adubação gera a preocupação em manter o equilíbrio no fornecimento de nutrientes essenciais para a cultura do trigo, visando alcançar uma produção de qualidade com retorno econômico ao produtor”, destaca o assessor técnico da Câmara Setorial, Altair Hommerding.

Intitulada "Fertilização equilibrada é estratégia para a produtividade do trigo em tempos desafiadores no mercado de fertilizantes minerais", a Nota Técnica busca elucidar o produtor sobre a importância de conhecer as necessidades do solo para a utilização racional e eficiente dos fertilizantes na cultura do trigo nesta safra de 2022. Analisar a reserva de nutrientes no solo, oriunda de fertilizações de anos anteriores, e explorar a possibilidade de investir em outros nutrientes, como enxofre, cálcio, magnésio, boro e molibdênio, são algumas das orientações listadas.

Assinam o documento o professor Telmo Jorg

Ultimas noticias
Notícias Recentes