top of page

O universo de abelhas-sem-ferrão ao alcance de crianças e jovens



“Oi, menininha”, “tá com vergonha” diziam os alunos da Escola Municipal de Educação Infantil Boca do Monte ao conhecerem as abelhas-sem-ferrão do Centro Estadual de Diagnóstico e Pesquisa Florestal (Ceflor) do Departamento de Diagnóstico e Pesquisa Agropecuária em Santa Maria. “Um dia uma abelha foi no sabonete de maracujá que a gente fez na aula” disse um, “a abelha tem uma língua bem grande”, comentou outro. Cada um tinha uma história para contar e vibravam ao conhecer os insetos, uma das atividades do projeto “Abelhas nativas não fazem mal, fazem mel e muito mais”, desenvolvido pelo DDPA da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi). A ideia é aproximar crianças e jovens do mundo dos meliponíneos (abelhas nativas ou sem ferrão). O projeto tem caráter permanente, e as visitas podem ser agendadas pelo e-mail rosana-morais@agricultura.rs.gov.br.

Comments


Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page