Painel da Expointer descreve oportunidades da olivicultura para produtores rurais

SEC.AGR.RS



Oportunidade para os produtores rurais, o mercado potencial de azeitona e azeite foi tema da primeira transmissão da Emater/RS-Ascar e da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) do Canal Agro, neste domingo (27/9), segundo dia da Expointer Digital 2020. O painel teve o objetivo de apresentar o diferencial do sabor dos azeites produzidos no Rio Grande do Sul.

Transmitido no site da Expointer, o evento contou com a participação de dois painelistas: a bióloga pesquisadora da Seapdr Andréia Mara Rotta Oliveira; e o presidente do Instituto Brasileiro de Olivicultura (Ibraoliva), Paulo Marchioretto. Por meio de videoconferência, participou o professor de gastronomia e degustador de azeites Sandro Marques.

“O azeite gaúcho é resultante de uma estrutura que prospera com base na persistência e esforço de entidades e empresas envolvidas. O objetivo dessa estrutura está em consolidar a cadeia produtiva gaúcha com qualidade de produto, referência para atividades agregadas de turismo, gastronomia e cultura”, afirmou Marchioretto. O indicativo do potencial de mercado está no fato de que o Brasil importa cerca de R$ 1 bilhão ao ano em azeitonas e azeite.

O presidente do Ibraoliva explicou que a entidade foi criada há três anos para unir os produtores e melhorar a atividade do setor. “Damos apoio e suporte para promover a olivicultura no Brasil, em especial no Rio Grande do Sul”.

Ultimas noticias
Notícias Recentes

Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine