Programa Sentinela fiscaliza 4,8 mil bovinos no primeiro trimestre de 2022



As equipes ligadas ao Programa Sentinela, que tem o objetivo de monitorar toda a área de fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina e o Uruguai, percorreram, no primeiro trimestre deste ano, 13 mil quilômetros. Em toda esta jornada, promoveram 15 operações, fiscalizaram 4.857 bovinos, 594 ovinos e 233 equídeos, vistoriaram 64 propriedades e realizaram 778 ações de educação sanitária.

De acordo com o coordenador do Sentinela, fiscal estadual agropecuário Francisco Lopes, do total de bovinos fiscalizados nos primeiros três meses do ano, 1.751 estavam irregulares, 668 foram apreendidos, 177 estavam fora das propriedades (gado de corredor) e 18 foram sacrificados.

Ultimas noticias
Notícias Recentes