top of page

Projeto de pesquisa de identificação de mastite em rebanho leiteiro é realizado no RS



A mastite em rebanhos leiteiro bovino pode causar diversas perdas na produção, como a baixa produtividade, além de complicações que podem, inclusive, levar à morte dos animais. Para tratar desse assunto, que tem grande repercussão na saúde e na economia da cadeia produtiva, o Centro Estadual de Diagnóstico e Pesquisa em Saúde Animal Desidério Finamor (IPVDF), ligado a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi), realiza o projeto “Detecção de agentes microbianos em mastites clínicas ou subclínicas no rebanho leiteiro bovino, e sua sensibilidade frente aos antibióticos usuais”, em parceria com Emater/Ascar-RS. Na última semana, reuniões com produtores rurais de Eldorado do Sul e Guaíba foram realizadas para a apresentação dos primeiros resultados da pesquisa.

Na primeira fase da pesquisa, foram registrados que 37,5% das propriedades rurais apresentavam mastite subclínica e 25% das vacas leiteiras tinham a doença de forma subclínica. O projeto atinge inicialmente quatro famílias em Eldorado do Sul e quatro em Guaíba, todas assistidas pela Emater. Os objetivos são detectar e identificar os principais agentes microbianos em mastite clínica ou subclínica e a sensibilidade aos antibióticos, qualificando as orientações quanto à prevenção da doença aos produtores.

Comments


Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page