top of page

Pulverização de precisão é a aposta no combate à cigarrinha e do enfezamento do milho



A cigarrinha do milho é o inseto vetor do enfezamento do milho, ou seja, impede o crescimento da planta, e que tem se destacado pelo grande potencial de dano. Esse mal pode comprometer em até 70% da produtividade das lavouras. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento, na safra passada, foi constatada a presença da praga em 11 estados do Brasil.

Em 2015, houve um aumento da população nos estados da Região Sul, mais precisamente Santa Catarina, e depois para outros lugares, com maior incidência no Centro-Oeste.

Em razão da praga estar presente e o inóculo das doenças instalado em toda região Sul do Mato Grosso do Sul e fronteira com o Paraguai e provocando perda de produtividade aconteceu o Dalbulus Day em Chapadão do Sul (MS), evento organizado pela consultoria Difusão Agrícola.

A cigarrinha do milho é considerada uma das pragas mais importantes em milho, principalmente pela sua capacidade de transmitir, de forma propagativa, os patógenos do enfezamento pálido e vermelho na planta. A incidência das doenças está associada à alta densidade populacional de insetos infectivos, o que ocorre no final do verão, em plantios considerados tardios. Além disso, causa danos diretos pela sucção de seiva pelos adultos e ninfas

Comments


Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page