top of page

Quebra da safra argentina aumenta o otimismo do milho brasileiro



No Rio Grande do Sul, 61% dos campos haviam sido colhidos até a última quinta (09). A Emater RS reavaliou a situação em 458 municípios e revisou a produtividade das lavouras, levando a um decréscimo de 41% na produção total inicialmente estimada, reflexo do impacto da falta de chuvas entre dezembro e fevereiro.

Conforme a analista da Tarken, Mahany Martins, no Mato Grosso, até a última sexta-feira (3) 89,36% dos 7,4 milhões de hectares estimados haviam sido plantados. No ano passado, o número estava na casa dos 94,08% (IMEA). A região norte do estado encontra-se avançada perante as demais, com 98,24% das áreas totais semeadas, já as regiões oeste e noroeste são as mais atrasadas com 79,10% e 79,62%, respectivamente. Produtores dessas regiões revisam a estratégia, diminuindo a área destinada ao plantio do grão, a fim de equilibrar os riscos da cultura plantada fora das condições climáticas ideais.

Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page