top of page

Quem tem milho precisa ficar atento



A recomendação da TF Agroeconômica para quem tem milho é ficar atento à demanda Chinesa e também ao clima dos Estados Unidos. “Estes dois fatores serão responsáveis pelo fluxo de exportações no Brasil. Se este fluxo for de alguma forma truncado, como foi o da safra passada, os preços internos deverão sofrer novas baixas, porque sobrará mercadorias internamente”, comenta.

“Se ele fluir normalmente, com redução da safra americana e maior demanda da China, os preços poderão subir. Como tudo isto ainda é incerto, só podemos recomendar que se continue atento ao cenário para poder tomar atitude mais tarde”, completa.

Os fatores de alta são dois: o posicionamento do clima antes do fim de semana de três dias que impulsionou o mercado hoje. E as vendas de exportação menores. “Os contratos futuros de milho subiram dois dígitos com os modelos climáticos do Meio-Oeste mostrando 15 dias de seca em pelo menos 75% do cinturão do milho. O USDA diz que produzirá suas primeiras classificações G/E para os EUA na terça-feira”, indica.

Comments


Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page