top of page

Rio Grande do Sul almeja aumentar a área irrigada em 100 mil hectares



Nos últimos anos os produtores gaúchos sofreram com as fortes estiagens que castigaram o Estado. Estima-se que o prejuízo financeiro pela seca nas lavouras de soja do Rio Grande do Sul somente na safra 2022/23, passou da casa dos R$ 28 bilhões. Para tentar minimizar todos esses impactos nos próximos anos e deixar esse problema no passado, o Governo do Estado anunciou R$ 213,2 milhões para a subvenção de projetos de irrigação. A expectativa das autoridades é que em até quatro anos, a área irrigada gaúcha aumente em 100 mil hectares, um incremento de 33% das principais culturas de sequeiro, como milho e soja.

De acordo com Marco Sanchotene, técnico em agropecuária e diretor da Sanchotene Agronegócios, distribuidor da Lindsay América Latina, empresa representada pelas marcas Zimmatic™ e FieldNET™, e que atua na metade sul do RS, o Governo do Estado já vem há alguns anos fomentando esse movimento em pró da irrigação, fazendo as modificações para tentar simplificar o processo de licenciamento que sempre foi o grande entrave. “Agora com esse subsídio anunciado no Programa Supera Estiagem, sem dúvida diversos produtores que tinham projetos de irrigação parados poderão retomar”, diz.

Comentários


Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page