RS completa sete anos como zona livre de Peste Suína Clássica



POR MARIA ALICE LUSSANI

O Rio Grande do Sul comemora sete anos de certificação internacional como zona livre de Peste Suína Clássica. O status foi concedido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em 29/05/2015. O último foco da doença no Estado ocorreu em 1991. Atualmente, além do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, existem outras duas zonas livres no Brasil que, juntas, representam cerca de 83% do rebanho suíno brasileiro, e uma zona não livre (veja aqui). Ao longo dos anos, inúmeras ações têm sido desenvolvidas para assegurar este patamar sanitário. "A reintrodução da doença causaria severos impactos sanitários e socioeconômicos, seja pelas perdas diretas ou pelas restrições comerciais impostas a produtos oriundos de área não livre da doença, por isso a prevenção e a notificação de casos suspeitos são tão importantes", destaca a fiscal estadual agropecuária Juliane Galvani, do Programa Estadual de Sanidade Suídea (PNSS).

Ultimas noticias
Notícias Recentes