RS: orizicultores miram exportação



O cenário do arroz é de valorização no mercado interno, recuperação de margens e mercado externo atrativo. Com isso os orizicultores do maior estado produtor, o Rio Grande do Sul, pensam em exportações para esta safra.

No ano passado as vendas externas brasileiras cresceram 26,5% em relação a 2019, de acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Arroz (Abiarroz). Foram exportadas 1,8 milhão de toneladas de arroz. Os principais destinos estão nas Américas: Venezuela, Cuba, Costa Rica e Estados Unidos.

Para Ernani Carvalho da Costa Neto, coordenador do núcleo de agronegócio da ESPM Porto Alegre, o pólo orizicultor pode aproveitar a competência do Brasil como exportador de outros produtos agro. “A melhor estratégia para isso é trabalhar em duas frentes: expandir os mercados compradores de arroz beneficiado e valorizar a qualidade do produto brasileiro, para pouco a pouco ir consolidando a posição no mercado internacional”, afirma.

Ultimas noticias
Notícias Recentes

Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine