RS será mundialmente reconhecido como zona livre de febre aftosa sem vacinação pela OIE



O Rio Grande do Sul será reconhecido internacionalmente como um Estado livre de febre aftosa sem vacinação pela Organização Mundial da Saúde Animal (OIE). A boa notícia foi dada pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, em reunião virtual nesta quarta-feira (10/3) com o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho.

“Encerramos o dia de hoje com uma notícia muito positiva em meio às dificuldades que estamos vivendo, em âmbito econômico. Esse reconhecimento vai abrir mercados mundo afora para vendermos aquilo que produzimos de proteína animal e vai incentivar investimentos em frigoríficos, em produção de proteína animal e, consequentemente, em emprego e renda para a nossa população, acessando esses outros mercados e colocando mais recursos no nosso Estado”, ressaltou o governador Eduardo Leite.

A homologação, por parte da OIE na assembleia geral, deve ser realizada em maio, na França. Acre, Rondônia, Paraná e parte do Amazonas e do Mato Grosso também obtiveram o reconhecimento.

Ultimas noticias
Notícias Recentes