top of page

Tétano em equinos: quais os seus impactos?



O tétano é considerado uma doença infecciosa, que acomete os animais domésticos e seres humanos, e que ocorre pela ação das toxinas produzidas pelo Clostridium tetani, bactéria Gram-positiva presente mundialmente e encontrada no ambiente nas formas vegetativa ou esporulada. Sua alta taxa de letalidade e longo período de convalescência coloca o tétano com uma das principais doenças da medicina veterinária, sendo os equinos a espécie mais acometida, principalmente nos países em desenvolvimento cuja vacinação ainda não é um hábito difundido, especialmente entre os equinos de lida.

A contaminação ocorre quando a bactéria se instala em ferimentos, principalmente perfuro-cortantes e com baixa tensão de oxigênio, que favorecem a anaerobiose e proliferação do C. tetani, com consequente produção de toxinas. As principais toxinas produzidas são a tetanolisina, que é responsável pela necrose tecidual local e favorece a disseminação e multiplicação bacteriana, e a tetanospasmina, que atua no sistema nervoso.


Comentarios


Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page