Tecnologia combate pragas em vinhedo de forma sustentável



A Isca Tecnologias desenvolveu uma tecnologia totalmente brasileira, capaz de combater pragas em vinhedos sem agredir o meio ambiente. Essa novidade tem ajudado produtores de de Mendoza, província argentina que concentra a maior área de videiras da América Latina e a quinta maior do mundo, a controlar a Lobesia botrana, que é uma mariposa que ataca cachos de uva.

A praga veio da Europa e já atinge áreas de cultivo do Chile e da Argentina. O seu controle normalmente é feito e forma manual, com produtos armazenados em pequenos sachês. No entanto, de acordo com Leandro Mafra, presidente da ISCA para a América Latina, o método convencional gera um custo alto, não só do produto, como também do aplicador. “Além disso, a aplicação tem que ser feita de forma simultânea. Se levar várias semanas para cobrir uma área, não terá a eficácia esperada, o que complica ainda mais o processo”, completa.

A solução desenvolvida pela empresa, e utilizada pelos produtores da região de Mendoza há três anos, propõe a pulverização de um composto de controle por via aérea. Além disso, como forma de medição de resultados, são instaladas redes que funcionam como armadilhas para as mariposas. Mafra comenta que, no primeiro ano, as armadilhas capturaram 80 mil mariposas. “Agora, são 6 mil, uma redução significativa, prova de que nossa estratégia deu certo”, explica.

Ultimas noticias
Notícias Recentes