Trigo está em desenvolvimento vegetativo no RS



Da área total prevista para o plantio do trigo no Rio Grande do Sul nesta safra, que é de 1,12 milhões de hectares, 94% está plantada, em desenvolvimento vegetativo. De acordo com o Informativo Conjuntural, divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (15/07), de forma vinculada com a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), nos últimos dias, em que predominaram temperaturas amenas, dias ensolarados e sem chuvas no Estado, o plantio da cultura avançou apenas 3%, pois grande parte dos produtores aguarda melhores condições de umidade do solo.

Na regional da Emater/RS-Ascar de Ijuí, a semeadura de trigo nas áreas mais tardias está sendo concluída, conforme previsão inicial e em conformidade com o zoneamento agrícola de risco climático. Nas lavouras semeadas até 15 de junho, a emergência é uniforme, com bom estande de plantas e desenvolvimento inicial lento, devido à baixa luminosidade durante a segunda quinzena de junho; ainda assim, não foi prejudicado o potencial produtivo da cultura, recuperado com os dias frios e ensolarados da semana. Já na de Santa Rosa, o plantio está tecnicamente encerrado, e as áreas implantadas encontram-se em germinação e desenvolvimento vegetativo. A projeção inicial de produtividade é de 3.129 quilos por hectare.

Canola - Na regional de Santa Rosa, 69% das lavouras se apresentam em germinação e desenvolvimento vegetativo, 26% em florescimento, 4% em enchimento de grãos em áreas implantadas no cedo (abril), e apenas 1% da área cultivada está madura. A projeção inicial de produtividade é de 1.645 quilos por hectare. A temperatura mais elevada durante a semana promoveu maior evolução das plantas. Em geral, os cultivos apresentam boa instalação das lavouras e adequado aspecto fitossanitário. Produtores planejam fazer aplicação de adubação nitrogenada em cobertura, aproveitando a previsão de chuvas.

Ultimas noticias
Notícias Recentes