Uma Expointer com novo sotaque




"Uma foto histórica". Assim a fiscal estadual agropecuária Brunelle Weber Chaves classificou a chegada na noite de terça-feira (31) dos animais da raça Angus, oriundos de Urupema, Santa Catarina, para participação na 44ª Expointer. O fato foi chamado de histórico por Brunelle porque, por mais de 20 anos, a condição sanitária referente à febre aftosa, que diferenciava os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, afastou a presença de animais de fazendas catarinenses da exposição gaúcha. No entanto, em maio deste ano, o Rio Grande do Sul conquistou o status de área livre de febre aftosa sem vacinação, o que facilitou o trânsito de animais entre os estados vizinhos.

“A equipe, sob minha responsabilidade, realizou a recepção destes animais no portão 8. Nós todos compartilhamos do mesmo sentimento, de orgulho frente a nossa conquista. Após muitos anos, presenciar a participação de animais oriundos de Santa Catarina, realmente enaltece o Serviço Veterinário Oficial do Rio Grande do Sul”, destacou Brunelle, da equipe da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR).

"A presença dos animais de Santa Catarina e também

Ultimas noticias
Notícias Recentes