top of page

Investir em silos e armazéns traz benefícios para produtores agrícolas



Os silos e armazéns são estruturas utilizadas para estocar diversos tipos de produtos em larga escala e por longos períodos de tempo, como grãos, trigo, milho, soja, entre outros. Ao estocar a colheita, o produtor pode analisar o mercado e vendê-la quando os preços estiverem mais favoráveis.

A demanda por silos e armazéns é grande pois a oscilação de commodities, mercadorias primárias de origem agrícola, cria um cenário de incertezas para o produtor rural. As fortes oscilações foram a principal marca do comportamento das commodities agrícolas em 2022.

Os preços das commodities agrícolas são influenciados por vários fatores, como oferta e demanda globais, condições climáticas, mudanças nas políticas governamentais, doenças de plantas ou animais, avanços tecnológicos e desenvolvimentos econômicos.

O especialista em captação de crédito para empresas, João Fossaluza, vice-presidente da Atto EXP Empresarial, especializada em home equity, explica que, ao investir em armazéns, o produtor não fica exposto e dependente das grandes companhias para obter lucro. "Como exemplo, posso citar a saca de soja. Há três anos, ela custava 80 reais. Quem não podia estocar, vendia. Em questão de um ano, o valor dobrou para 160 reais", afirma.

Ultimas noticias
Notícias Recentes
bottom of page