Simental terá exposição nacional



Os criadores de Simental, Simbrasil e Simlandês que compõem a Associação Brasileira de Criadores das Raças Simenal e Simbrasil (ABCRSS) decidiram realizar em julho a edição 2021 de suas exposições nacionais. O evento pretende reunir, de forma especial, mais de 500 animais, com a participação de criadores de todo o Brasil, inclusive de estados com restrições sanitárias.

Mas como isso é possível em momento de pandemia e pelas barreiras sanitárias entre os estados? Adeptos da inovação e com um grupo extremamente coeso, participativos e motivados pelo aquecimento de mercado para as raças, toda a exposição será virtual, inclusive o desfile dos animais.

“Somos adeptos das inovações. Já incluímos os criadores como participantes dos julgamentos ao fazermos as provas no modelo de Avaliação Global, agora, com vamos promover a maior nacional dos últimos cinco anos em volume de animais”, comenta Alan Fraga, presidente da entidade. Com as avaliações divididas em cinco provas, haverá julgamento para Simental Dupla Aptidão, Simental corte, Simental brasileiro, Simbrasil e Simlandês.

A inscrição inclui os dados normais, como também um vídeo, gravado na fazenda. “O animal deverá ser filmado caminhando para a esquerda, direita de frente e trás”, explica Paulo Roberto Tonin, coordenador do evento e presidente do colegiado de jurados da entidade. Os vídeos são montados por categorias, de forma igualitária, com 30 segundos de exibição entre os animais e todos ficam disponíveis no site da associação e no youtube.

As avaliações serão realizadas durante a semana de 6 a 10 de julho, e os resultados dos campeonatos serão divulgados em lives nos dias 12 a 14 de julho pel youtube da ABCRSS, além de uma roda de conversa temática. Nos dias 15, 16 e 17, será a vez do desfile no Canal Terra Viva onde os criadores realizarão leilões nacionais. “Será uma exposição completa com apresentação de animais, integração de criadores via eventos digitais e três leilões”, informa Tonin.


Diferente de outras raças, em que o juiz é soberano em sua escolha, desde a última reunião do Conselho Técnico realizada no final de 2020, foi definido que as provas serão no modelo de “Avaliação Global”, na qual os criadores podem se inscrever e participar da avaliação. Todas as notas são cadastradas, com diferentes, ponderações, para constituir a nota final e as categorias. O jurado decide em caso de empate “Esse formato permite participação, democratização e principalmente, integração entre todos tornando os julgamentos mais dinâmicos”, comenta Mário Coelho Aguiar Neto, Mamado, idealizador do modelo que já foi validade em exposições presenciais e virtuais

Ultimas noticias
Notícias Recentes