Bagaço da cerveja pode virar pão: CONFIRA



Um estudo realizado no âmbito do Mestrado Internacional em Tecnologia de Alimentos da Faculdade de Agronomia da Universidade de Buenos Aires (UBA) e da Universidade de Parma, Itália, estuda a possibilidade de fazer pães do bagaço da cevada. Os grãos do cereal são cozidos na produção da cerveja artesanal e ao final do processo de produção são descartados como um resíduo denominado bagaço. Na Argentina, são geradas 15.000 toneladas de bagaço por ano que, em geral, vão para aterros sanitários.

“No país existem mais de 1.500 produtores de cerveja artesanal que produzem quase 25 milhões de litros de 'cerveja' por ano. Para cada um desses litros são gerados 600 gramas de bagaço. Quando a fábrica está localizada na zona rural, esse material pode ser usado para alimentar o gado ou para fertilizar a terra. Mas nas áreas urbanas é mais difícil utilizá-lo porque é produzido em grandes quantidades e rapidamente gera odores desagradáveis”, explicou Karim Auil Cerdán, Engenheiro de Tecnologia de Alimentos da Universidade Nacional de Villa María (UNVM).

A este respeito, Karim acrescentou que, “embora o bagaço represente um verdadeiro problema ambiental, é também um material orgânico com propriedades muito interessantes como insumo produtivo”. Por isso, o pesquisador contatou uma PME da cervejaria Villa María para avaliar se poderia ser realizado um projeto baseado na produção de panificados a partir do bagaço descartado.

“Com os 120 quilos por semana de bagaço, conseguimos fazer pães e torradas lácteas com alto teor de fibras e bons perfis sensoriais, sem deixar de cumprir os padrões que o Código Alimentar Argentino estabelece para esses alimentos”, disse.

Ultimas noticias
Notícias Recentes

Copyright © 2014 | Desenvolvido por: OnLine