Umidade do solo favorece desenvolvimento das olerícolas



Na região de Santa Rosa, a boa umidade do solo derivada das últimas chuvas favorece o desenvolvimento e crescimento das olerícolas, em especial para aquelas cultivadas a céu aberto. De acordo com o Informativo Conjuntural produzido e divulgado nesta quinta-feira (16/09) pela Gerência de Planejamento da Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), as chuvas diminuíram a necessidade de irrigação e garantiram maior facilidade na construção de novos canteiros para a implantação das mudas de folhosas.

Muitos produtores continuam buscando mudas de tomateiros para consumo próprio, e outros cultivos de cercado para garantir boa variedade na composição alimentar das famílias. Após a chuva, os agricultores retomaram os trabalhos de transplante de mudas e semeadura. É intenso o plantio de pepino, moranga, abóbora e chuchu. Em andamento também os trabalhos de controle de inços e de pragas e doenças, em especial o pulgão no repolho e na couve-flor. No momento ocorre produção e comercialização da alface em estufa, tempero verde, rúcula, rabanete, repolho, couve-flor, beterraba, cenoura e agrião.

Ultimas noticias
Notícias Recentes